, ,

Não precisamos saber tudo

nao_precisamos_saber_de_tudo

Certas pessoas agem como se o ateísmo fosse o grau máximo de inteligência que o ser humano pode alcançar. Eu discordo bastante disso. Acredito que seja bastante fácil concluir que não há deus algum. É o tipo de conclusão à qual uma criança consegue chegar rapidamente após ter aprendido a diferenciar o existente do inexistente, tendo percebido que Papai Noel e Coelho da Páscoa não existem, por exemplo. Deus é uma ideia tão frágil, tão desestruturada, que qualquer pessoa é capaz de derrubá-la tão logo tenha aprendido a pensar.

Entender que deuses não existem é mais fácil que entender álgebra ou análise sintática. O ateísmo seria uma realidade comum a todas as pessoas se a religião não fosse uma idosa insuportável a quem somos forçados a pedir bênçãos desde o nosso nascimento. Mas o véu que cobre o rosto dessa velha raramente esconde o ódio em seu rosto e qualquer criança instintivamente sente medo disso. É terrível ter que aprender boas maneiras com uma criatura tão repulsiva e suas ameaças de castigo e dor tornam a convivência com ela ainda mais difícil. Poucos conseguem se desvencilhar dessa doutrinação nefasta após terem crescido um pouco, mas ainda que esse processo de afastamento e compreensão tenha sido doloroso e difícil, ser ateu não faz de você um ser superior, só mostra que você tem um pouco de bom senso. E sensatez não significa onisciência.

Você não precisa ter todas as respostas para se tornar ateu. Geralmente isso se consegue com algumas poucas deduções lógicas. Se você percebeu que o Gênesis não faz muito sentido e que provavelmente não foi Deus quem criou o universo, isso não te obriga a saber como o universo realmente surgiu. Sua curiosidade pode te levar a buscar a resposta para tal questão, e essa é uma ocupação muito interessante, mas enquanto não souber, você não precisa balbuciar algum conhecimento leigo sobre astrofísica para substituir o conto estúpido sobre o Éden. Você pode não saber a resposta, e mais importante que isso, você pode dizer que não sabe.

Ateísmo não tem a ver com conhecimento profundo, tem a ver com não tentar mais explicar o mundo baseando-se em mitos mesmo que ainda não consiga explica-lo de outra forma.

Monólogos com Deus